COVID-19: PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

Google

MAIO. 01, 2020

“Quando a empresa está em posição de reduzir a carga tributária com impostos e contribuições federais, este é o momento, ou seja, quanto antes, melhor. Vale ressaltar que este é um contexto de negócios dentro do regime de lucro e lucro real ”

Em tempos difíceis para a economia do Brasil e do mundo, o planejamento tributário pode ser uma das ações para manter a empresa no mercado. Muitas organizações sofrem com o nível de tributação de empresas e indivíduos no Brasil, o que inviabiliza muitos tipos de negócios. Muitas organizações podem quebrar por causa de altas dívidas tributárias, e mesmo as renegociações não são capazes de reverter uma crise. O consultor de negócios e diretor da T4 Consultoria, Marcelo Viana, explica que o planejamento tributário, com recuperação de tributos, utilização de crédito para despesas de serviços não considerados no diagnóstico tributário (Pis, Cofins, IPI, ISS, IRF, PCC, IRPJ , CSLL, ICMS e IRRF), torna-se uma necessidade vantajosa para as empresas. Vale ressaltar que, no Planejamento Tributário, o diagnóstico previdenciário, que visa recuperar os encargos sociais e reduzir as contribuições a terceiros, lançado no cálculo do INSS, não pode ser ignorado. Imagine, então, calcular tais benefícios de redução na arrecadação de impostos e geração de caixa sobre os valores arrecadados nos últimos 5 anos!

Para ler esta matéria na íntegra, acesse o link abaixo: